ENTRETENIMENTO A SERVIÇO DA EDUCAÇÃO E DA ESPIRITUALIDADE

APRENDENDO BIOLOGIA COM O GOKU

 

YADDBIOLOGIA1
 
 
 
texto publicado na Folha de S. Paulo
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrada/61744-aprendendo-biologia-com-o-goku.shtml
Por Ronaldo Lemos

Quem já assistiu ao desenho animado “Dragon Ball Z” sabe que Goku, o personagem principal, é um lutador imbatível. O que nem todos sabem é que ele se tornou também um popular professor de biologia na internet.
Explico. Quando a Fundação Lemann trouxe ao país uma versão local da Khan Academy -site que disponibiliza aulas no YouTube- houve um pequeno acidente. Contrataram, como dublador, Wendell Bezerra para os vídeos de biologia.
Acontece que Wendell é uma celebridade para muitos jovens.
Ele é a voz de Goku em “Dragon Ball Z”. Quando a molecada viu os vídeos, não acreditou. Resultado: aulas de biologia com até 170 mil visualizações.
YADDBIOLOGIA2

E comentários como: “Goku como professor: impossível não aprender!” ou “entendi porquê Goku me explicou”. Todos com muitos “joinhas” (o jeito como são chamados os botões “curtir” do YouTube. Veja uma das aulas aqui: bit.ly/OjE3pm).
O caso dá o que pensar. Um dos debates importantes sobre educação hoje em dia é sobre “aprendizado tangencial”: o uso de referências culturais do universo jovem (como games e mangás) para gerar motivação, mercadoria em falta na escola. Faz sentido.
Eventos de anime e mangá atraem até 100 mil jovens em São Paulo (ou 70 mil em Fortaleza (CE)!). Muitos fãs vão só para ver de perto seus dubladores favoritos, como Wendell.
Com a educação tornando-se cada vez mais multimídia, assimilar estratégias assim funciona. Pergunte ao Goku.

 

YADDBIOLOGIA3

 

Baixar em PDF