ENTRETENIMENTO A SERVIÇO DA EDUCAÇÃO E DA ESPIRITUALIDADE

Textos de apoio

SEM MENTIRAS, O QUE SERIA DAS RELAÇÕES?

SEM MENTIRAS, O QUE SERIA DAS RELAÇÕES?

“Há muitas coisas que, se as crianças soubessem, seriam difíceis de entender”, diz Paul Ekman, professor emérito de Psicologia da Universidade da Califórnia, em São Francisco (EUA). “Nem toda a omissão, especialmente de pais para filhos, é malévola”.

Ler mais

X-MEN, PRECONCEITO E INTOLERÂNCIA

X-MEN, PRECONCEITO E INTOLERÂNCIA

A HQ "Deus Ama, O Homem Mata" fala sobre o preconceito sofrido pelos X-Men e a perseguição aos mutantes. É também uma analogia do comportamento da nossa sociedade; do racismo e da intolerância. Por NATHAN VIEIRA.

Ler mais

NUNCA BAIXE OS BRAÇOS

NUNCA BAIXE OS BRAÇOS

"Quando criança, tive alguns problemas que me deixavam triste e, por muitas vezes, sem vontade de ir ao colégio ou mesmo sair de dentro do meu quarto. Isso mesmo, eu sofria bullying. E sabe como eu superei isso?" Texto do 10% de Inspiração.

Ler mais

JESUS NÃO SABIA NADA DE STAR WARS

JESUS NÃO SABIA NADA DE STAR WARS

Para os seres humanos, não tem problema cometer erros. Pelo contrário, erros são realmente essenciais. Esperar a perfeição é negar nossa humanidade. Achamos mesmo que Jesus nunca cometeu erros no dever de casa, nunca esqueceu o nome de alguém, ou, trabalhando como carpinteiro, nunca se enganou ao tirar medidas?

Ler mais

THOR E A ORIGEM DA ÁRVORE DE NATAL

THOR E A ORIGEM DA ÁRVORE DE NATAL

Conta a história que a origem da Árvore de Natal, como decoração, está ligada à pregação de um santo da Igreja Católica e aos sacrifícios feitos ao deus nórdico Thor.

Ler mais

STAN LEE, RELIGIÃO E DEUS

STAN LEE, RELIGIÃO E DEUS

Stan Lee, co-criador e escritor de muitos dos mais populares personagens da Marvel Comics, fez muitos personagens abraçarem a fé. Surpreendentemente, ele mesmo, criado num lar judeu, era um agnóstico.

Ler mais

JULGANDO OS OUTROS

JULGANDO OS OUTROS

A história de "A Dama e o Vagabundo" nos faz lembrar do que Jesus ensinou sobre a cautela no julgamento do próximo. Não podemos esquecer de três coisas que devem temperar nossas avaliações.

Ler mais